Loading color scheme

A maior competição de Snooker da Península Ibérica

Autor: Directiva LASE

"A LASE celebrou em 2017 dez anos de existência.

Inicialmente criada com o nome de AESA, através de uma iniciativa lançada por Arturo Pérez, comentador de snooker da Eurosport em Espanha, Oriol Ros e César Garrido, a LASE surge em 2010 com Jorge Romero, Joan Marminyà e Trevor Jackson a darem continuidade ao projeto.

Francisco Domingues, um jogador de snooker português residente em Barcelona, é atualmente o presidente da Liga. Um desafio a que se propôs e que veio trazer à LASE uma nova dinâmica e muitas ideias para colocar em prática.

Quando os pioneiros desta competição de snooker começaram a jogar e a organizar eventos, estavam longe de imaginar que passados onze anos, a LASE teria uma dúzia de clubes espalhados por Portugal e Espanha e quase cento e cinquenta jogadores inscritos a disputar o troféu de melhor jogador de snooker da Península Ibérica.

Os melhores jogadores espanhóis da atualidade, muitos dos melhores jogadores de snooker portugueses e dezenas de excelentes jogadores ingleses, belgas, franceses, peruanos, romenos e chineses, entre outros, trouxeram à LASE extrema qualidade, para além de muito prestígio internacional, dada a excelente organização que ao longo dos anos tem vindo a apresentar.

É uma Liga para jogadores, organizada por jogadores.

Tudo fazem para que o snooker evolua e seja cada vez mais um desporto jogado em todo o mundo, nomeadamente em Portugal e Espanha, mas não só.

Prevê-se a inclusão de clubes de outros países, que vêm na LASE uma oportunidade de competir e evoluir a qualidade do seu snooker para um patamar superior e de nível internacional.

A LASE é neste momento uma Liga que tem muito a oferecer aos jovens, extrema competitividade e oportunidade de os catapultar para o profissionalismo, preparando-os para exigentes provas internacionais, bem como para o acesso à World Snooker, através da Q-School.

Estamos no mês de Janeiro e a época na LASE vai na quinta das sete rondas programadas para esta época, ao que se seguirão os playoffs.

O Torneio de Inverno também já está em curso, onde os jogadores disputam em formato KO importantes pontos de ranking, dentro das zonas dos seus clubes.

O Torneio de Outono (TO) teve lugar na primeira parte da época e viu coroar Daan Leyssen (atual campeão da LASE e com break em competição de 137 pontos) como campeão no clube La Centena e Aram Bernaus na Blackballfarm, ambos em Barcelona. Já Javier Alienes venceu o TO em Madrid (Clube Bilhar Eddie Felson), Ian Ashworth em Mojacar (Mojacar Snooker Clube), Javier Cambra em Navarra (Clube 15 Rojas) e José Ignácio Enciso em Zaragoza (Clube Free Ball Zaragoza).

Em Portugal, o jovem Tiago Teixeira, com apenas catorze anos, venceu o TO no Porto (Free Ball Academia de Snooker).

Nos dias 12 e 13 de Maio de 2018, os dezasseis melhores jogadores das quatro zonas geográficas da LASE irão discutir entre si o troféu de campeão da prova, num torneio que será possivelmente realizado em Barcelona.

Em Portugal estão inscritos para a época 2017-2018 dois clubes na LASE: a Free Ball Academia de Snooker (Porto) e o Trickshots Billiards (Marinha Grande).

Pela Free Ball – Academia de Snooker (Porto) disputam a competição nove jogadores: Hugo Almeida, Luís Alves, Pedro Paiva, Pedro Rocha, Rui Oliveira, Rui Reis, Rui Saldanha, Samuel Pereira e Tiago Teixeira.

Pelo Trickshots Billiards (Marinha Grande) competem Alexandre Neto, Augusto Santos, Emanuel Pereira, João Paulo Ferreira, Luís Coutinho, Ricardo Domingos, Ricardo Santos e Silvério Azenha.

Tiago Teixeira, Luís Alves, Silvério Azenha e Ricardo Domingos são os portugueses mais cotados para avançar para os playoffs finais da LASE, mas outros jogadores promissores poderão surpreender os menos atentos e seguir em frente para o grande torneio final, como é o caso de Alexandre Neto, um jovem com dezoito anos e com um potencial enorme para desenvolver no snooker.

Esta época, para além de um aumento no “prize money” para o Torneio Final (irão ser distribuídos perto de 5000€ em prémios, com 1300€ para o vencedor individual da Liga), a LASE criou também uma competição por equipas, que promete ser muito disputada e que com certeza trará mais clubes e jogadores para competir já na próxima época.

Equipas portuguesas terão com certeza interesse em poder disputar este troféu contra as melhores equipas espanholas, para assim provarem e por ventura aumentarem o seu prestígio internacional.

Sigam todas as emoções do snooker e da LASE na página da Liga no facebook ou em lasesnooker.com"

Artigo de Hugo Almeida.

bl1513075656510

Snooker Ambigu
Cafe Pit Lane
Newyorks Bar
Blackball Madrid
Academia Westbury
Club Billar Monforte
Free Ball Snooker Club
London Star
Valencia Snooker Club
Ciudad Deportiva Valdelasfuentes
Privat Vilafranca
La Centena
15 Rojas
Snooker Club Mojacar
Free Ball Porto

 
131, 94, 71 
Daan Leyssen
92, 75, 59 
Francisco Domingues
69, 46, 45 
Fran Cabanillas
67, 52, 42 
David Pérez
65, 47, 42 
Tiago Teixeira