Resumo dos Play-offs 2014-15

Nos passados dias 23, 24 e 30 de Maio tiveram lugar os play-offs da LASE 2014-15 que definiram os 16 melhores jogadores da temporada.

 

top16LASE201415

 

Este será o top 16 para a grande final da LASE de 2014-2015!

Os quatro melhores jogadores de cada uma das quatro zonas de competição foram determinados nos passados dias 23, 24 e 30 de Maio em Madrid, Barcelona e Pamplona. Alguns favoritos ao título de campeão da LASE e alguns jogadores “surpresa” carimbaram o passaporte para o Torneio Final da competição, que terá lugar nos próximos dias 13 e 14 de Junho em Barcelona, no Clube de Bilhar de Monforte.

Aqui fica o resumo dos playoffs (excel de resultados) que selecionaram o Top 16 para a Final da LASE desta época.

 


 

ZONA A

Os clubes de snooker de Westbury e Eddie Felson em Madrid foram os palcos para os jogos nesta zona.

FASE ROUND ROBIN (todos contra todos, à melhor de três frames, avançando para a fase seguinte os dois melhores jogadores de cada grupo)

Grupo A (Westbury)

Joaquin Marin manteve o seu estatuto de cabeça de série número 1, ficando em primeiro lugar do grupo, vencendo dois dos três jogos disputados. De destacar a vitória de Gonzalo Bonet, o 16º e último classificado do ranking na Zona A, por 2-1 frente a Marin (8-67, 48-45 e 57-56), mas que não chegou para avançar para o playoff nesta zona, faltando-lhe um break superior a 24 pontos, que o colocaria na frente de Juan Ye. Marin e Ye avançaram para ronda seguinte, deixando Bonet e Jesus Novella, que não conseguiu vencer qualquer frame, de fora da corrida.

Grupo B (Westbury)

Os 4º, 5º, 12º e 13º jogadores do ranking da Zona A defrontaram-se no Grupo B, com Javier Alienes (4º) e Angel Garcia Garcia (5º) a passarem ao playoff, sem surpresa, deixando Pablo Toharia (13º) e Ivan Martin (12º) pelo caminho, com vitórias claras.

Grupo C (Eddie Felson)

Raul Martin, 15º no ranking inicial na Zona A, foi a grande surpresa neste grupo ao vencer todos os jogos, frente ao 2º, 7º e 10º cabeças de série para conseguir um lugar no playoff. David Márquez (2º cabeça de série) também seguiu em frente para a fase seguinte, com Jorge Adarve e Reda Amazirh a ficarem de fora da prova.

Grupo D (Eddie Felson)

Se Raul Martin esteve em destaque pela positiva, Ángel Alcalá destacou-se pela negativa em Madrid. O terceiro cabeça de série da Zona A perdeu todos os frames dos três jogos disputados frente aos 6º, 11º e 14º jogadores do ranking. Svetoslav Velikov (11º) e Diego Pedro Simón (6º) passaram à fase seguinte, eliminado, para além de Alcalá, o menos favorito do grupo, Sergio Tejero (14º cabeça de série).

 

FASE KNOCK OUT (eliminação direta, à melhor de cinco frames)

Oito jogadores na segunda ronda e apenas quatro lugares disponíveis para a grande final em Barcelona. Joaquin Marin (1) defrontou Angel Garcia Garcia (5) e venceu por 3-1, num jogo que começou melhor para Garcia Garcia, ao vencer o primeiro frame por 55-53, mas que não abalou a confiança do cabeça de série nº1, que venceu os três frames seguintes para garantir um lugar nos Últimos 16. Juan Ye (8) também não começou da melhor maneira o seu encontro com Javier Alienes (4), perdendo o frame inicial por 64-27, mas respondeu prontamente com vitórias nos três frames seguintes para garantir o triunfo por 3-1. Raul Martin (15) esteve a um frame de chegar aos Últimos 16, e ser a verdadeira surpresa do torneio, mas após estar a vencer por 2-0 frente a Diego Pedro Simon (6), perdeu a concentração no encontro, permitindo a recuperação de Simon que venceu dramaticamente por 3-2, num último frame de resultado 65-52. No último encontro da fase de knock out na Zona A, e para não variar, também David Márquez (2) entrou pior no encontro frente a Svetoslav Velikov (11), ao perder o primeiro frame por claros 66-22. Mas Márquez não se apoquentou com a má entrada no encontro e respondeu brilhantemente, com vitórias nos frames seguintes por 82-2, 81-42 e 63-13, para se apurar para a grande final em Barcelona.

 

Apurados da Zona A: Joaquin Marin (1) David Márquez (2) Diego Pedro Simon (6) Juan Ye (8)

 


 

ZONA B

Em Pamplona, na Academia de Bilhar de Cachute, realizaram-se os jogos da Zona B.

FASE ROUND ROBIN

Grupo A

Os favoritos do grupo, Iker Etxeberria (1) e Iker Roncero (8) garantiram com relativa facilidade o acesso à fase seguinte, deixando para trás Ignacio Maluenda (9) e Juan Sahagún (16). Roncero venceu Etxeberria por 2-0 no jogo entre ambos, com emoção até ao fim, como comprovam os resultados: 82-72 (com breaks de 39 para Roncero e 42 para Etxeberria) e 62-59 para Roncero no segundo e decisivo frame.

Grupo B

Muito equilíbrio no Grupo B, com Marcos Sanz (4) e Alonso Villalaz (13) a garantirem os dois lugares na fase seguinte. Francisco Santos (5) e Salvador Maria (12) despediram-se do torneio com uma vitória cada, que acabou por servir de consolação para dois bons jogadores de quem se espera melhor sorte no futuro.

Grupo C

Daan Leyssen (2) demonstrou toda a sua classe e qualidade vencendo todos os adversários por dois frames a zero, incluindo breaks de 37 e 59 pontos frente a Mike Harvey (10), que também se apurou para a ronda posterior. Jorge Mártin (7) e Javier Cambra (15) foram eliminados.

Grupo D

Também no grupo D foi o favorito César Martinicorena (3) seguir juntamente com Juan Bautista Gutierrez (11) para a fase de knock out. Stephane Le Goff (6) e Klaas Desot (14) ficaram de fora.

 

FASE KNOCK OUT

De Pamplona sairiam quatro jogadores para os Últimos 16… Alonso Villalaz (13) surpreendeu Iker Roncero (8) e venceu sem margem para dúvidas por 3-0 (58-38, 63-21 e 48-18). Iker Etxeberria (1) não teve dificuldades para levar de vencida Marcos Sanz (4), por 3-1. Daan Leyssen (2) voltou a demonstrar que é um dos favoritos ao título com uma vitória clara por 3-0 frente a Juan Bautista Gutiérrez (86-33, 89-6 e 58-37). Meia surpresa no último jogo desta zona, com Mike Harvey (10) a derrotar César Martinicorena (3) por 3-1, garantindo o passaporte para Barcelona.

 

Apurados da Zona B: Iker Etxeberria (1) Daan Leyssen (2) Mike Harvey (10) Alonso Villalaz (13)

 


 

ZONA C

Também em Madrid se realizaram no passado dia 30 de Maio os jogos da Zona C, que tiveram que ser deslocados da Marinha Grande para a capital espanhola, fruto de questões legais e burocráticas, que em nada contribuem para o desenvolvimento do snooker em Portugal. Tal facto veio desvirtuar um pouco a competição nesta Zona, já que vários jogadores tiveram que abdicar da participação no playoff, onde apenas sete dos dezasseis jogadores estiveram presentes.

FASE ROUND ROBIN

Grupo A

Alexandre O. Neto (8º cabeça de série e o único jogador sub 18 nos playoffs) e Lino Iglesias (cabeça de série nº 1) garantiram um lugar na ronda seguinte, deixando Nuno Carvalho (16) fora da competição.

Grupo B

João Esteves da Silva (4) e Luís Miguel Alves (5) também garantiram presença na ronda seguinte, devido à desistência de Pedro Vaquinhas. No jogo entre “velhos” conhecidos, e dois dos melhores jogadores portugueses, foi Esteves da Silva que levou a melhor por 2-0 (58-53 e 67-56).

Grupo C e D

Candido Iglesias foi o único jogador apurado nestes grupos, devido à falta de jogadores presentes como referimos anteriormente.

 

FASE KNOCK OUT

Apenas cinco jogadores nesta fase, mas um deles teria de ficar pelo caminho… Luís Miguel Alves venceu por 3-1 Alexandre O. Neto, que viria no entanto a ser repescado para garantir também um lugar no Top 16 em Barcelona. No encontro mais aguardado desta Zona, foi João Esteves da Silva que levou a melhor sobre o cabeça de série número um, Lino Iglesias, afastando-o da grande final em Barcelona, com uma vitória concludente por 3-1. Candido Iglesias avançou automaticamente para o Top 16, com um Bye na fase knock out.

 

Apurados da Zona C: João Esteves da Silva (4) Luís Miguel Alves (5) Candido Iglesias (7) Alexandre O. Neto (8)

 


 

ZONA D

Em Barcelona, no Clube de Bilhar de Monforte, palco da final dos próximos dias 13 e 14 de Junhos, ocorreram os jogos da Zona D.

FASE ROUND ROBIN

Grupo A

Os favoritos David Ureña (1) e Joan Marminya (8) passaram para a ronda seguinte, vencendo os menos favoritos Román Temporal (9) e Oscar Gracian (16). Marminya levou a melhor sobre Ureña no embate entre ambos por 2-1.

Grupo B

Surpresa com a eliminação de Aram Bernaus (5). Um snooker sólido de Francisco Domingues (4) e Marc Codina (13) deram-lhes vitórias importantes e lugares na fase seguinte. Também David Soto (12) ficou pelo caminho, não conseguindo qualquer vitória nesta ronda.

Grupo C

David Pérez (2) e Francisco Rodriguez G. (7) eram os favoritos no grupo e não desiludiram as expetativas. Vitórias sobre Férran Echevarria (10) e Francisco Martinez (15) colocaram Pérez e Rodriguez G. na fase seguinte, com Pérez a vencer 2-1 no confronto com Rodriguez G. por 30-48, 61-7 e 56-1.

Grupo D

Nenhuma surpresa no grupo D, com Lluis Cubero (3) e Aleix Melià (6) a avançar para a fase de knock out, eliminando da competição Brian O’Neill (14) e Josep Maria Vidal (11). Melià teve a sorte de conseguir um break superior ao de O’Neill (41 sobre 23), apesar da vitória deste no jogo entre ambos.

 

FASE KNOCK OUT

E de oito voltariam a ficar só quatro. Marminyà (8) venceu o encontro frente a Codina (13) por 3-1. Jogo tremendamente bem disputado entre o primeiro e o quarto cabeças de série na Zona D, com Francisco Domingues (4) a fazer um fabuloso break de 98 pontos, o melhor do torneio, e a aguentar a recuperação de David Ureña (1), que depois de ter estado a perder por dois frames a zero, conseguiria empatar o encontro a dois. Domingues levou a melhor na negra por 65-53, no que muitos terão considerado o melhor encontro dos playoffs. Mais um jogo interessantíssimo entre Aleix Melià (6) e David Pérez (2), com a vitória a sorrir a Melià por 3-2, eliminando outro favorito do torneio. O último encontro da fase de knock out colocou frente a frente Lluis Cubero (3) e Francisco Rodriguéz G. (7). Cubero venceu facilmente Rodriguéz G. por 3-0 (63-30, 57-35 e 95-0, com um break de 51 pontos).

 

Apurados da Zona D: Lluis Cubero (3) Francisco Domingues (4) Aleix Melià (6) Joan Marminya (8)

 


 

A contagem decrescente para a Final da LASE da época 2014-2015 já começou. Dias 13 e 14 de Junho os melhores jogadores de snooker de Espanha e Portugal estarão a disputar em Barcelona o troféu de campeão, pelo que se aguardam jogos de grande nível, onde apenas um sairá vencedor.

Conseguirá Joaquin Márin o seu terceiro título consecutivo? Estará Lluis Cubero em forma para recuperar o título conquistado em 2012? Ou um novo jogador inscreverá o seu nome no histórico de campeões da LASE?

Tudo para decidir daqui a doze dias.